Como usar o LinkedIn para empresas?

Você pode conhecer este site como uma grande plataforma de empregos e negócios, mas você sabe quais são as principais contribuições do LinkedIn para empresas?

Sendo uma das ferramentas virtuais de objetivos profissionais mais conhecidas na atualidade, o LinkedIn pode ter uma utilidade significativa para atrair clientes e encontrar oportunidades. E para ajudar nesse processo, existem ideias e estratégias que potencializam a funcionalidade e os benefícios desse recurso.

A seguir, apresentaremos algumas dicas de como utilizar a plataforma para objetivos empresariais. Se você ficou interessado, é só continuar lendo!

1. Crie uma página em vez de um perfil

Assim como no Facebook, no LinkedIn você possui duas opções na hora de abrir uma conta: fazer um perfil pessoal ou criar uma página. Essa segunda opção é a ideal quando se trata de uma empresa, afinal, as páginas existem especificamente para apresentar e divulgar um negócio ou um serviço.

Assim, essa modalidade já oferece certos recursos próprios para esse objetivo. Você pode, por exemplo, anunciar produtos e conteúdos empresariais em sessões específicas, além de acompanhar o desempenho das suas publicações.

Os conteúdos e atualizações postados aparecerão no feed dos seguidores de uma conta, e também serão indexados pelo Google e por outros mecanismos de busca. Desse modo, uma página no LinkedIn pode contribuir muito para a visibilidade e a estratégia de SEO da sua empresa.

2. Compartilhe conteúdo original

Como o LinkedIn é uma plataforma voltada para negócios, empregos e assuntos profissionais, o mais indicado é compartilhar conteúdos específicos, aprofundados ou voltados para sua persona ou seu segmento. No entanto, isso não é um impedimento para que você também compartilhe materiais de atração.

O site reúne tanto pessoas familiarizadas com determinadas áreas quanto outras que as desconhecem, mas todas podem ter muito a oferecer. Por isso, é interessante possuir posts simples e didáticos, por exemplo, que costumam ser muito bem aceitos e ajudam a atrair olhares diversificados.

Outra ideia importante é compartilhar conteúdos autênticos e ser verdadeiro. Para isso, é válido que as publicações contribuam para que todos os visitantes da página possam conhecer a sua empresa.

3. Construa uma boa identidade visual para a sua página

A identidade visual da sua página também é um elemento muito válido, que ajuda na atração e no conhecimento do público.

Aqui não se trata de construir apenas uma estética: como o LinkedIn é uma plataforma corporativa, é importante transmitir a profissionalidade da determinada organização. Mas, claro, isso não impede a criação de uma página agradável e personalizada.

Pelo contrário: é recomendável usar imagens e vídeos, por exemplo, e construir um espaço com a cara da empresa. Afinal, isso compõe uma identidade e funciona como um grande atrativo.

Além disso, vale a dica de expor claramente a sua marca, pois assim os visitantes podem reconhecer melhor a organização. Isso pode gerar uma certa conexão atemporal entre a marca e o público, o que também traz contribuições.

4. Utilize palavras-chave do segmento da empresa

Quando for fazer a descrição na página do LinkedIn, procure utilizar palavras que possíveis clientes possam pesquisar (no Google ou em outros mecanismos), para que sua empresa seja achada mais facilmente.

Uma ideia interessante é focar em especificidades da organização, explorando, por exemplo, suas ideias, sua cultura, sua capacidade de gestão e outras características. Também é interessante evitar ser muito genérico, já que o objetivo de uma página é apresentar aos usuários os serviços, a identidade e as propostas daquele negócio.

5. Preencha todos os campos possíveis

Falando ainda da descrição da sua empresa na página do LinkedIn, ressaltamos que disponibilizar informações é algo muito funcional. O site dá espaço para descrever profundamente o seu negócio, então é válido aproveitar essa oportunidade. Ou seja, é interessante preencher o máximo de campos que puder.

Considere também listar os trabalhos já realizados, projetos ou serviços voluntários, por exemplo. Todos os dados contribuem para que as pessoas tenham uma boa noção inicial do que se trata a organização.

Lembre-se, ainda, de manter essas informações atualizadas, mesmo que os pontos a serem mudados ou incluídos pareçam pequenos. Afinal, os detalhes têm uma grande importância!

6. Planeje seus conteúdos

É muito válido planejar o conteúdo a ser divulgado antes de publicá-lo na página da empresa. Afinal, isso ajuda a seguir os objetivos que se pretende alcançar e ainda contribui para organizar suas postagens.

Pense, por exemplo, em qual tipo de conteúdo se relaciona mais com as ideias da organização e seus interesses e em como manter uma certa diversidade de assuntos. Um bom planejamento pode ajudar a manter tudo conciliado.

7. Participe de grupos de discussão

Essa é mais uma ferramenta oferecida pelo LinkedIn: os grupos de discussão reúnem diversos profissionais em um espaço destinado ao compartilhamento de conteúdos referentes à uma determinada área, à troca de comentários e à criação de networking. Neste recurso, é possível reunir profissionais do mundo todo, trazendo oportunidades para ampliar seus conhecimentos.

Aqui vale um lembrete: conheça as regras e as peculiaridades de cada grupo, afinal, cada um tem suas próprias normas e suas características. Alguns, por exemplo, não permitem publicações divulgando ou oferecendo produtos, sendo mais indicados para quem quer dialogar com profissionais ou encontrar outros tipos de conteúdo.

O LinkedIn ainda oferece outros recursos que podem ser bastante úteis, como a opção de criar links personalizados, fazer anúncios e conhecer o perfil de possíveis clientes.

Alguns usuários se inspiram, ainda, em blog posts, criando conteúdos que mostram os bastidores de sua organização ou mesmo dividindo dicas e curiosidades relevantes. Outros preferem montar agendas ou cronogramas para organizar as postagens. Assim, você pode utilizar as ideias que preferir para gerenciar sua página.

Do mesmo modo, as técnicas e estilos a serem adotados dependem da vontade da empresa, inclusive do que ela deseja transmitir. Desse modo, você pode escolher quais dicas são mais adequadas e pode adaptá-las ao negócio em questão. No entanto, de modo geral, essa plataforma é uma ferramenta muito válida para uma organização.

E então, o que você achou de saber mais sobre o uso do LinkedIn para empresas? Gostou das nossas dicas? Para acompanhar nossos conteúdos, acompanhe-nos em nossas redes sociais! Além do LinkedIn, estamos também no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This